O bom filho a casa torna

26/12/2016 13:36

O recesso maçônico na Obediência em que eu faço parte (GOIRJ), geralmente começa dia 21 de dezembro e vai até 20 de janeiro. E o que fazemos com esse tempo livre? Quando ainda era aprendiz escrevi peça de arquitetura sobre o recesso maçônico que compartilharei com vocês:

Durante o recesso maçônico, enquanto estava com saudades da nossa grande família, procurei me confortar com livros, filmes e obras do tema, então me veio a seguinte pergunta: Teríamos que aproveitar o recesso maçônico para tirar férias do sagrado, e retornar a casa do pai? Ou viver no sagrado durante todo o recesso?

No decorrer do ano que passou, muitos mestres me orientaram a exemplificar o que aprendo em augusta e respeitável ordem, no mundo profano, então tirei as seguintes conclusões:

No recesso devemos parar com a ritualística nos templos, mas nunca deixamos de ser este operário em busca da luz, não devemos encarar o avental como uma capa que podemos nos despir quando quisermos, e usar o título de maçom somente quando convier, desde o momento da nossa iniciação devemos nos portar com altivez, dignidade, honra e verdade. Devemos 24 horas por dia ser cavaleiros da liberdade, igualdade e fraternidade, não devemos ser aquele filho que retorna ao templo físico e sim o que carrega em seu coração o templo espiritual e sempre, sempre devemos estar atentos para ouvir o chamado do 2º Vigilante para retornarmos ao trabalho.

Voltar

Tópico: O bom filho a casa torna

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

Contato

Maçonaria Tupiniquim

© 2014 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuito

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!